Cururupu participa de encontro nacional dos povos extrativistas

Cururupu participa de encontro nacional dos povos extrativistas

Com o objetivo de implantar uma política de formação de lideranças para o enfrentamento em situações de conflitos agrários do Litoral Ocidental e, especificamente, discutir uma agenda para Cururupu, esteve na última quinta-feira, dia 14, em São Luís, na Secretaria de Estado de Direitos Humanos, o Coordenador Municipal de Igualdade Racial, José Maria Mafra, discutindo com secretário estadual dessa pasta, jornalista Francisco Gonçalves, estratégias para a elaboração de uma agenda positiva no sentido de se encontrar formas pacíficas e resolutivas para os problemas fundiários do município e da região.

De São Luís, Ze Maria Mafra, a convite do Conselho Nacional dos Povos Extrativistas, dirigiram-se até Belém do Pará, onde participam até esta terça- feira, 19 de outubro,  da reunião anual do Conselho Deliberativo dessa entidade.

Na pauta das discussões estão diversos temas, entre os quais, a Deliberação das Propostas para 2022; Crise Fundiária; Grilagem de Terras; Irregularidades na atuação do ICMBIO( Instituto Chico Mendes) dentro das reservas extrativistas; Plano de Administração das Associações das Reservas executados pelas próprias diretorias sem sofrerem interferências do ICMbio como vem acontecendo, ultimamente.

Segundo Mafra, único representante de Cururupu no Conselho Nacional dos Povos Extrativistas, o governador, Flávio Dino, se fará presente ao evento nesta terça, representando o Conselho da Amazônia Legal onde deverá anunciar medidas para o fortalecimento e desenvolvimento das reservas extrativistas do Maranhão. “É o que esperamos”, finalizou Ze Maria sobre a presença do governador.

Assessoria de Comunicação